Construção em Light Steel Framing, confira aqui todos os detalhes!

Case de Sucesso: Como a Casa Onda atingiu o nível ouro do GBC

 em Sem categoria

 

A Casa Onda, é uma residência com 580m² e está localizada na cidade de Castro – PR. Ela foi a primeira casa do estado do Paraná a ser certificada com o Nível Ouro do Green Building Council (GBC) Brasil Casa, referência nacional para construções residenciais sustentáveis.
Residências com este selo são projetados para oferecer:
● Custos operacionais mais baixos;
● Aumento do valor patrimonial;
● Redução de resíduos;
● Conservação de energia e água;
● Ambientes mais saudáveis e produtivos para os ocupantes;

Tudo isso resulta em um aumento da qualidade de vida, saúde e bem estar, redução das emissões de gases de efeito estufa e incentivos financeiros por parte do poder público.

Como a edificação é avaliada?

Oito dimensões são levadas em consideração pelo Comitê Técnico da instituição na avaliação da edificação:
1. Implantação;
2. Economia de água;
3. Eficiência energética;
4. Escolha e gerenciamentos de materiais e recursos;
5. Qualidade ambiental interna;
6. Requisitos sociais;
7. Inovação no projeto;
8. Especificidades regionais;

Cada dimensão engloba uma série de soluções sustentáveis que devem ser comprovadas ao comitê após a entrega da construção. Uma quantidade de pontos é concedida a cada solução apresentada, que ao final do processo são somados e podem classificar a residência em quatro níveis: Verde, Prata, Ouro e Platinum.

Como a casa foi construída?

A arquiteta e proprietária Monica Menarim Requião explica que buscou a inovação, desempenho e sustentabilidade.

“O nome ‘Casa Onda’ veio da proposta estética da residência, que tem seu telhado em forma ondulada. Escolhemos o sistema Light Steel Framing para atender aos requisitos solicitados além de ter a melhor relação custo/benefício, aliando conforto, facilidade e rapidez.

O telhado curvo em Telha Shingle foi pensado arquitetonicamente para interagir com o ambiente, teve sua execução facilitada pela estrutura em Steel
Framing, desmistificando assim quaisquer preconceitos limitadores do sistema, trazendo beleza e conforto para a casa.

Para diminuição dos resíduos foi utilizado o Drywall internamente, assim minimizando sobras de materiais e entulhos, bem como uso quase que
inexistente de água. Salientando que é bom poder contar com a Espaço Smart, uma empresa local e parceiro fundamental em todo o processo, facilitando muito a aquisição do projeto estrutural, aço leve personalizado, materiais de fechamento (placas), pisos e telhas.

Segundo o projetista estrutural Gileade o principal desafio no projeto foi o telhado curvo, pois como não é um telhado comum, foi necessária uma
atenção maior no desenvolvimento do projeto estrutural.

Outra questão foi o Pórtico pois como uma pequena parte dele era em alvenaria a união dos dois sistemas deveria ser perfeita para não haver
imperfeições no revestimento. Para obtenção do selo era necessário fazer algumas adaptações ao projeto, mas sempre tomando o cuidado de minimizar alterações ao projeto original.

O construtor Marcos da Adler Steel, que realizou a montagem estrutural dos perfis, os emplacamentos internos e externos no sistema EIFS, o forro, a
cobertura de telhas shingle e parte hidráulica no sistema PEX, mencionou que o sistema steel frame foi o escolhido por ser ecologicamente o mais eficiente e, de longe com menor geração de resíduos, para a execução da obra, mostrando o melhor resultado a nível de sustentabilidade em termos de sistemas construtivos.

A parte de documentação foi a mais demorada e complicada de elaborar, exigindo muitas horas de pesquisas, busca de informações junto aos
fabricantes e fornecedores, estudos para montagem na obra. A empresa escolhida para fazer a parte civil em alvenaria (radier, subsolo, obras civis e
acabamentos em geral) também foi responsável por gerenciar a documentação para certificação, o que levou a muitas horas de trocas de informações para que os dois sistemas se integrassem de maneira a atingir as metas, sem atrasar o cronograma, já bastante enxuto desde o início.

A construtora responsável pela obra, Greenwood, ressalta que o prazo para finalização da obra ocorreu em 13 meses.

Sobre a Espaço Smart

A Espaço Smart é membro do Green Building Council (GBC), atuando em favor do uso de produtos e procedimentos que tornam as construções sustentáveis, nossa empresa trabalha com materiais e tecnologias que facilitam a implementação de sistemas sustentáveis na construção civil.

Transforme seu imóvel e conheça os benefícios de uma construção sustentável!
Gostou? Visite uma de nossas Lojas ou converse com nossas atendentes on-line, através do chat ou Whatsapp

Postagens Recentes