Estrutura

 

PROJETO DETALHADO É PRIMORDIAL

Para execução do LSF é obrigatório um projeto detalhado com as especificações de modulação, perfis, dimensões de corte, etc. O projeto é um dos pontos cruciais para a execução de uma boa obra.
 

AÇO GALVANIZADO

O Light Steel Framing nasce nas bobinas de aço, que passam por um processo chamado de Galvanização, no qual recebe um banho de Zinco (Zincagem). Essa galvanização varia de acordo com a região que o aço será utilizado. O comum é 275g/m², porém, próximo de orlas marítimas a galvanização é maior (2000m da orla), necessitando de 350g/m².

O aço utilizado na maioria dos casos é o ZAR 230 Mpa ou 280 Mpa.
 

A ESTRUTURA

O sistema LSF trabalha com carregamento distribuído, diferentemente da alvenaria, onde as cargas são distribuídas pontualmente em pilares e viga. As paredes, chamadas de painéis estruturais, recebem as cargas de cobertura e lajes para distribuí-la à fundação.

O conjunto da estrutura metálica e fechamento em OSB constituem um diafragma que permitirá a resistência a intempéries, cargas verticais, ventos e sismos.

Os perfis de aço são fixados diretamente no radier, porém, devido a alcalinidade do concreto, é necessário proteger o perfil com banda acústica (mais utilizado) ou flashing. O contato direto do aço com o concreto corrói o aço, danificando a estrutura.

Para a fixação da estrutura são necessários chumbadores a cada 1,20m do tipo parabolt e também cantoneiras de ancoragem em todos os cantos.

A composição da estrutura, basicamente se resume à guia (Perfil U) e montantes (perfil U enrijecido). No caso do sistema engenheirado, apenas montantes.

Os montantes são posicionados verticalmente e modulados em 400mm e 600mm. A escolha da modulação depende do cálculo estrutural e das placas de fechamento. Essa modulação permite que entre os montantes seja possível a aplicação de isolantes termoacústicos e instalações hidráulicas e elétricas.