Conheça o Sistema

CONHEÇA O SISTEMA LIGHT STEEL FRAMING

Quando se trata de inteligência em obra, não há como negar que o Light Steel Framing (LSF) é a escolha certa para obter uma edificação sustentável, racional, confortável e leve. Mas o que realmente queremos dizer com inteligência em obra? Aqui vão alguns pontos:

SEU DINHEIRO VALE MAIS NO LIGHT STEEL FRAMING

O Light Steel Framing é composto por materiais industrializados, o que permite precisão orçamentária, executiva e padronização dos materiais. Uma construção convencional tem em média 25% de descarte. Isso significa que ¼ do que foi investido na obra foi parar literalmente no lixo. Já o LSF fica na casa dos 5% a 2% de desperdício. Devido à industrialização e o constante desenvolvimento do sistema LSF, essas taxas tendem a diminuir cada vez mais.

SUSTENTABILIDADE, ECONOMIA E QUALIDADE DE VIDA

Por ser uma estrutura leve, sua fundação é rasa e necessita de menos concreto, aproximadamente 1/3 do que seria utilizado em uma estrutura de alvenaria. A grande vantagem é que podemos usar esse valor economizado em melhores acabamentos, etc.

O uso de água em uma construção LSF é praticamente zero, usado apenas na fundação. O sistema utiliza 90% menos água que uma construção convencional. A base do sistema é o aço, que é 100% reciclável.

O sistema tem desempenho térmico e acústico superior. A troca térmica entre ambiente externo e interno é muito baixa, proporcionando maior qualidade de vida.

RAPIDEZ, PRATICIDADE E DURABILIDADE É O FOCO

A execução da obra é rápida. O sistema foi pensado a evitar o famoso “faz / desfaz” que acontece nas obras de alvenaria, onde você faz a parede e depois quebra para colocar instalações. O LSF é um processo construtivo linear, onde as etapas da obra andam juntas.

Alta resistência e durabilidade são um dos pontos mais importantes. Os materiais industrializados possibilitam que o sistema dure tanto quanto, ou mais que uma obra em alvenaria. Além disso, os materiais são leves, de grandes dimensões e seguindo uma modularidade, o que permite uma maior produtividade.

O revestimento em placas torna a manutenção simples pois não é necessário quebrar nada. Quando há, por exemplo, algum problema de vazamento na parte hidráulica em uma parede, apenas corta-se as placas de revestimento da região necessária, faz a manutenção, e depois fecha utilizando os próprios recortes de placas, sem fazer bagunça e sujeira.

NORMATIZAÇÃO DO SISTEMA

NBR 14762:2010
Dimensionamento de estruturas de aço constituídas por perfis formados a frio – Procedimento

NBR 6355:2012
Perfis estruturais de aço formados a frio – Padronização

NBR 15253:2014 (Em desenvolvimento)
Perfis de aço formados a frio, com revestimento metálico, para painéis estruturais reticulados de edificações

Diretriz SiNAT n°003
Diretriz para avaliação técnica de sistemas construtivos estruturados em perfis leves de aço zincado conformados a frio, com fechamento em chapas delgadas (Sistemas leves tipo “Light Steel Framing”)