Construção a seco: o que é, os tipos, vantagens e desvantagens

Construção a seco: o que é, os tipos, vantagens e desvantagens

 em Construção a seco, Drywall, Steel Frame

A construção a seco é um conceito que abrange metodologias construtivas mais ágeis, proporcionando uma obra rápida, com economia de materiais, sustentável, de melhor qualidade e eficiência do início ao fim da obra. Existem varias tipologias de construção a seco, como as placas de gesso, parede dupla de concreto, steel frame, wood frame, painéis EPS. Dentre tantas opções, o steel Framing se destaca, tornando-se uma excelente escolha para a obra.

O que é Construção a seco

A construção a seco ou sistema CES (Construção Energitérmica Sustentável) é um sistema construtivo que dispensa o uso da água no processo construtivo, dispensando o uso do cimento e argamassa. Em uma construção a seco o uso de água é restrito à fundação, e por ser uma estrutura leve, sua fundação é rasa, por isso necessita de menos concreto. Este modelo construtivo é pensado para ser sólido, resistente e versátil.

Tipos de Construção a Seco

Listamos aqui, os quatro principais tipos de construção a seco:

Drywall

O sistema Drywall é utilizados para construção de forros e paredes independente do sistema construtivo. As placas de gesso acartonado são fixadas sobre uma estrutura de aço galvanizado com espessura de 0,5mm. As paredes garantem um bom isolamento termoacústico, pois é acrescentado no interior da parede lã de vidro, de pet ou de rocha para o isolamento ser mais eficiente. O sistema Drywall não apresenta função estrutural, portanto sua maior utilidade para paredes é de vedação entre ambientes internos.

Steel Framing

No sistema steel framing as paredes assumem função estrutural. Na estrutura formada por perfis leves de aço galvanizado (0,8, 0,95, 1,25mm) são fixadas placas para fechamento externo, sendo que a  mais usada é a placa cimentícia e a Glasroc X. Internamente o gesso acartonado (drywall). As paredes possuem um excelente conforto termoacústico pelos materiais usados, mas pode ficar ainda mais eficiente com o acréscimo de materiais isolantes como a lã de vidro, lã de pet ou lã de rocha. Os materiais usados no steel framing são industrializados trazendo para a obra precisão, eficiência, rapidez e ausência de erros.

Wood Framing

O sistema é o mesmo método do Steel Framing, porém na parte da estrutura, utiliza os perfis de madeira de reflorestamento e placas estruturais. A madeira deve ser tratada com antifúngico.

Painéis EPS

O Poliestireno Expandido (EPS) é um plástico celular rígido, são menos densos e com maior quantidade de ar em seu interior. Eles garantem boa resistência, baixo peso, são excelentes isolantes térmicos.

Construção a Seco: Vantagens e Desvantagens

Vantagens

1. Economia de materiais

Por ser um sistema construtivo industrializado o índice de desperdício de materiais é muito baixo, gerando uma grande economia.

2. Qualidade termoacústica

Como o sistema tem melhor qualidade térmica, se mantém fresco no verão e quente no inverno, assim reduzindo o consumo com aparelhos de ar condicionado, que reduz o consumo de energia elétrica.

 3. Fidelidade ao orçamento

A construção a seco permite um orçamento exato, como foi previsto no orçamento inicial, um orçamento sem surpresas como ocorre em outros métodos construtivos.

4. Sustentabilidade

Na construção a seco o uso de água é muito pequeno ou quase zero e produz menos resíduos na obra. Os materiais também podem ser reciclados facilmente.

5. Fácil manutenção

Devido a durabilidade dos materiais usados, tem redução de custos de manutenção. A substituição das placas é rápida, prática, barata e sem sujeira, sem necessidade de quebrar paredes.

6. Flexibilidade para mudanças

É possível que paredes possam ser removidas e alteradas, desde que não tenham uma função estrutural e tenham sido projetadas para isso.

7. Garantia

A construção a seco possui as mesmas garantias descritas no código de proteção ao consumidor e no código Civil Brasileiro, que também regulam o sistema de construção convencional.  Também possui ampla regulamentação e normas técnicas em desenvolvimento contínuo, como: ABNT NBR-ISO 15.758; 14.715; 14.716; 14.717; 15.217; 15.575; 10.152; 12.179; 11.675; 11.681 etc.

8. Resistência ao Fogo

Os materiais usados no sistema são resistentes ao fogo.

9. Resistência

É um material leve, resistente e durável sendo muito valorizado. É o sistema que mais resiste a terremotos e furacões.

10. Retorno rápido de investimento

Como a execução da obra é mais rápida o sistema traz um ganho pela ocupação antecipada e pelo rápido retorno do investimento.

11. Segurança

Por ser um sistema com materiais de alta tecnologia no processo de fabricação, que atende as normas e padrões de segurança, os imóveis oferecem grande resistência e durabilidade. Devido a maior durabilidade menos manutenções são realizadas.

Desvantagens

Cultura

O Brasil ainda apresenta um problema cultural com o sistema, apresenta uma forte tradição com as construções convencionais, mas a construção a seco vem crescendo cada dia mais, pois como é um sistema extremamente resistente e seguro é utilizado em vários países do mundo.

Financiamento bancário

Não são todos os bancos que aceitam financiamento nesta modalidade de sistema construtivo.

Poucas opções de mão de obra especializada.

O número de empresas que buscam se especializar nestes sistemas vem crescendo bastante nos últimos dois anos, mas ainda é considerado escasso em algumas regiões.

Por que construir em Steel Framing?

O Steel Framing é um sistema construtivo industrializado, com materiais de tecnologia avançada que permitem uma obra rápida, limpa e ecologicamente correta, seu resultado de qualidade é superior ao das construções convencionais. Um dos grandes diferenciais do sistema é a excelente eficiência termoacústica. O sistema se diferencia dos demais nas diversas vantagens que proporciona.

Como fazer um projeto em Steel Framing?

O projeto pode ser desenvolvido seguindo as especificações e parametrização dos materiais. Geralmente são projetados perfis com alma de 90mm. Para que não se perca a configuração do Projeto Arquitetônico as paredes devem ser desenhadas com a espessura real de sua composição, considerando perfis, placas, revestimentos e demais elementos que vierem a ser instalados.

A modulação dos perfis é disposta a cada 400 mm ou 600 mm. A escolha de uma delas depende das características estruturais do projeto e do tipo de placa que será utilizado, já que algumas placas de revestimentos devem ser aplicadas somente em modulação de 400 mm. Com relação ao tipo de projeto, quanto maior for o carregamento menor deve ser a modulação. Então geralmente edificações térreas e sobrados pequenos podem ser feitos com modulação de 600 mm e edificações com dois ou mais pavimentos em 400 mm.

Mas se o seu projeto foi desenvolvido para a construção convencional, e você quer construção em Steel Framing, fique tranquilo, a Espaço Smart transforma seu projeto convencional para projeto em steel Framing! E junto com o projeto estrutural e detalhamentos, também são enviados:

  • Caderno de montagem;
  • ART do projeto estrutural;
  • Memorial de Calculo;
  • Romaneio de peças;
  • Visualizador 3D

Espaço Smart comercializa produtos que promovem a industrialização e sustentabilidade na construção civil e é referência de construção a seco no Brasil. A eficiência e sustentabilidade fazem o Steel Frame ser muito mais que uma solução construtiva. Venha conhecer nossos produtos, temos mais de 2o lojas espalhadas por todo o Brasil, você irá se surpreender com a qualidade e praticidade de nossos materiais. CLIQUE AQUI e confira os endereços de nossas lojas! Não tem Espaço Smart na sua cidade? Fique tranquilo, entregamos em todos Brasil! CLIQUE AQUI e converse com nossas atendentes on-line! Nosso horário de atendimento é de segunda a sexta das 08:00 às 18:00.

Postagens Recentes